Sessão Pipoca – Boyhood

Olá Leitoras!!!

 

A sessão pipoca de hoje vai ser uma recomendação, mas será uma daquelas para amar ou odiar, Não vai ter meio termo hoje! O ponto positivo de escrever uma resenha de um filme tão assim, amor e ódio, é que para aqueles que não vão muito com o estilo de filme mais lento e cheio de conversa não precisa nem perder seu tempo assistindo Boyhood, os demais eu acredito que vão gostar da mensagem que esta história passa.

Pra quem já conhece a trilogia “Antes de amanhecer”, “Antes do pôr do sol”, “Antes da meia noite”, conhece como são os filmes de  Richard Linklater e sabe que tem muito diálogo. O que eu acho mais legal disso é a leveza e naturalidade de como as histórias são contadas e que de fato um personagem daqueles poderia ser você ou eu ou qualquer pessoa comum. Bom, esta trilogia não é o foco hoje, mas também é uma recomendação caso gostem de Boyhood.

file_590736_boyhood-poster
Vamos lá… “Boyhood – Da Infância à juventude” é exatamente o que o título diz, é a história de um garotinho, Mason, filho de pais divorciados e que tem uma irmã mais velha, pessoas completamente comuns vivendo suas vidas. A vida comum não é tão comum assim já que é totalmente roteirizada, fictícia, mas com um toque de sutileza junto ao fato desse filme ter sido gravado durante 12 anos Boyhood passa muita naturalidade e originalidade. Vocês não leram errado é isso mesmo, demoraram-se 12 anos para gravar todo o filme e a cada momento de transição você observa que são fases diferentes da vida de todos.

A história como venho dando ênfase é muito realista e ordinária e monstra dilemas diversos da vida de um menino extremamente comum, que tem brigas com irmã, tem que mudar de casa e de cidade, tem que lidar com um padrasto, que toma seu primeiro porre, que se apaixona e aos poucos cresce.

No meio desse enredo tem muita coisa acontecendo moldando os interesses de Mason como a influência dos amigos no gosto por leitura quando todo mundo lia Harry Potter, seu pai fazendo campanha política, seu professor ensinando fotografia e questionando o que ele quer ser, entre outras coisas. Tudo que ocorre no filme, se você não prestar atenção parece que não tem nada acontecendo, mas como falei acima tem muita relevância, pois vai moldando a vida de Mason até o momento “presente” quando a gente não sabe o que está por vir nem pra Mason nem para nós.

Aqui abaixo deixei o Trailer para vocês decidirem assitir ou não, porém eu recomendo!

Ah… no final tem uma mensagem muito interessante a respeito de cada momento que vivemos!!

Ficou curioso(a)?? Assista lá e conte pra gente nos comentários.

CompartilheShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *